quarta-feira, 25 de abril de 2012

Os narcisos ocultos (presentes)




















Os narcisos brincam de se olhar,
brincam sob a luz, sobre o ar;
não imaginam ver outros
que eles mesmos,
não imaginam outros
além de eles mesmos;
suas pétalas brincam sob o vento
– a de nenhuma flor tem o mesmo
                               [intento.

Lealdade: só a si.
Seu perfume diz-se sublime.
Integridade: só a sua imagem.
Sua cor diz-se perfeita.
Sua paixão é única.
Só ama seu perfume, sua cor,
seu ser, sua imagem ao luar.

Ser narciso é tudo
quando não se quer nada
                                [além de si.
Os narcisos coexistem
independentes
do esforço para deixá-los ou não fluir.
Narcisos são assim
estão aqui e ali – enamorados
                                [só de si.


por Shannya Lacerda
Natal, 25/04 de 2012.  

domingo, 15 de abril de 2012